domingo, 11 de dezembro de 2016

10 informações estranhas e fatos curiosos sobre as serpentes



Ao contrário dos moluscos, cujas espécies ultrapassam a casa dos 125 mil, e dos insetos, que chegam a mais de 1 milhão, existem apenas 6 mil espécies de répteis.

Répteis são animais de sangue frio, que precisam se expor ao sol para aquecer o corpo. Como dependem do calor para viver, são praticamente inexistentes nas regiões polares.

Qual a diferença entre as serpentes e os demais répteis? Em primeiro lugar, as serpentes tem corpos mais comprido. Em segundo, elas não possuem pernas. Terceiro: os órgãos são alongados. E, por último, possuem um extraordinário número de vértebras.

Por falar em vértebras, você sabia que algumas serpentes possuem até 500 vértebras? Só para efeito de comparação, um crocodilo possui apenas 60.

É verdade que os répteis precisam incubar seus ovos. A regra, porém, não é geral. Existem serpentes que parem os filhotes inteiramente desenvolvidos. Os biólogos chamam esses animais de vivíparos.

Os ovos das serpentes são normalmente moles e flexíveis.

A pele das serpentes não cresce na mesma proporção do corpo e, por isso, elas são obrigadas a trocá-la na medida em que vão crescendo. Os filhotes podem trocar de pele sete vezes no primeiro ano de vida.

As serpentes não possuem ouvidos e são surdas. Elas percebem as vibrações através de ossos do crânio ligados ao maxilar inferior.

Esqueça a história de que as cobras são hipnotizadas pela flauta dos encantadores de serpentes. Elas normalmente se levantam para acompanhar e tentar atacar o movimento da flauta. Note que para fazer a cobra se levantar, o encantador precisa movimentar a flauta. 

As serpentes matam de 30 mil a 40 mil pessoas por anos em todo o mundo. É assustador, mas é sempre bom lembrar que apenas um décimo delas são letais para os seres humanos.

Mais informações sobre esse assunto em: Mais Que Curiosidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário