sexta-feira, 18 de novembro de 2016

10 informações curiosas sobre a obra e o legado de José Saramago


O nome verdadeiro do escritor português José Saramago era José de Sousa Saramago.

José Saramago nasceu em Azinhaga em 16 de novembro de 1922 e faleceu na Ilha de Lanzarote (que faz parte das Ilhas Canárias) no dia 18 de junho de 2010.

Além de escritor, José Saramago era jornalista, dramaturgo e poeta.

Além de vencer o Prêmio Camões, considerado o mais importante da língua portuguesa, Saramago ganhou o prêmio Nobel de literatura.

Saramago não era apenas um comunista declarado, era um ateu convicto. Ele foi membro do Partido Comunista Português.

Seu primeiro emprego foi de serralheiro mecânico. Assim como o brasileiro Carlos Drummond de Andrade, Saramago trabalhou durante muito tempo como funcionário público.

Terra do Pecado, o primeiro livro de Saramago, foi publicado quando ele tinha apenas 25 anos.

Rejeitado pelos editores, o segundo livro, chamado Claraboia, permanece inédito até hoje.

Após Terra do Pecado, Saramago só viria a publicar outro romance 30 anos depois. Terra do Pecado saiu em 1947 e Manual de Pintura e Caligrafia em 1977.

O estilo literário de Saramago é único na língua portuguesa. Quer um exemplo? Ele praticamente não usa travessões nos diálogos.

Sua mudança de Portugal para as Ilhas Canárias ocorreu, pelo menos em grande parte, por causa das críticas ao livro O Evangelho Segundo Jesus Cristo.

Veja mais sobre esse assunto em: Mais Que Curiosidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário