segunda-feira, 14 de novembro de 2016

10 informações curiosas sobre o homem e mito chamado Napoleão Bonaparte



Napoleão nasceu na localidade de Ajaccio, na ilha de Córsega, como Napoleone di Buonaparte (uma observação: sua família era de origem italiana).

Entre 1804 e 1814, Napoleão foi duas vezes imperador da França. Voltou a ocupar o cargo de 20 de março a 20 de junho de 1815, quando perdeu definitivamente a coroa.

Na Campanha da Rússia – a invasão francesa da Rússia –, foram utilizados cerca de meio milhão de combatentes. Só a batalha de Borodino envolveu mais de 250 mil soldados. Napoleão, no entanto, voltou para Paris derrotado não só pelas tropas russas, mas pelo mais temido dos inimigos: o inverno.

A mais famosa batalha das chamadas Guerras Napoleônicas foi a de Waterloo. Localizado no que hoje é a Bélgica, o município de Waterloo é parte de uma região conhecida como Valônia. 

Tido pelos britânicos como o principal responsável pela derrota de Napoleão em Waterloo, o Duque de Wellington foi homenageado com diversos monumentos em Londres, Liverpool, Glasgow, Edimburgo e outras cidades.

Josefina de Beauharnais, ou Marie Josèphe Rose Tascher de la Pagerie, foi a primeira mulher de Napoleão. Consta que o imperador gostava tanto dela que adotou os filhos do seu primeiro casamento como se fossem seus.

Napoleão tinha apenas 1,69 metros de altura, um pouco baixo para os padrões europeus atuais. Detalhe: as pessoas da época tinham em sua grande maioria altura equivalente à do imperador francês.

Localizado em Paris, o Arco do Triunfo foi construído em homenagem às vitórias militares de Napoleão. Foi o próprio Napoleão quem ordenou a sua construção, em 1806.

Napoleão está sepultado no Hôtel des Invalides, um monumento e complexo de museus localizado em Paris. O Hôtel des Invalides foi idealizado para sepultar os veteranos dos exércitos franceses.

Algum tempo da sua morte, o corpo de Napoleão passou por uma autópsia. Os legistas confirmaram a suspeita de que o “ex-imperador” pode ter morrido de câncer de estômago. Mas… o pênis desapareceu depois dessa autópsia! Um suposto pênis de Napoleão foi encontrado e leiloado cerca de 150 anos depois por uma casa de leilão em Londres.

Mais informações em: Mais Que Curiosidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário