quarta-feira, 30 de novembro de 2016

10 fatos peculiares e curiosidades sobre os vírus



Vírus são organismos extremamente pequenos, visíveis somente com microscópio eletrônico, constituídos por somente duas classes de substâncias químicas: ácido nucleico (DNA - ácido desoxirribonucleico - ou RNA - ácido ribonucleico) e proteína. Para sobreviverem, os vírus dependem de células hospedeiras, fazendo com que elas trabalhem para produzir novos vírus.

Os vírus precisam das células para se auto-multiplicarem (diga-se, produzirem cópias de si mesmos). Elas entram na célula e, depois de um certo tempo, roubam-lhe material genético, levando-a à morte. Devido principalmente à estrutura simples do vírus, muitos cientistas têm dúvida se ele é exatamente um ser vivo ou alguma espécie de “morto-vivo” – ou zumbi.

Entre as doenças causadas por vírus, as mais conhecidas são: dengue, febre amarela, catapora, caxumba, hepatite, varíola, sarampo, herpes, sífilis, poliomielite, AIDS, resfriado e gripe.

Existem 3.600 espécies de vírus conhecidas. Alguns cientistas acreditam, no entanto, que esse número seja bem maior.

Os vírus infectam animais e plantas. Algumas espécies infectam bactérias. Esse tipo de vírus é chamado de bacteriófago.

Acredite, se quiser: nem todos os vírus são patogênicos. Alguns até beneficiam o organismo, como os vírus presentes no intestino. Como infectam bactérias presentes nessa parte do corpo, eles ajudam a evitar diarreias e gastroenterites (inflamação simultânea do estômago e dos intestinos).

Por que uma pessoa que já teve hepatite não pode doar sangue? Porque o vírus nem sempre some totalmente do organismo. Os vírus mais resistentes podem sobreviver e, caso a pessoa doe o sangue, contaminar o receptor, fazendo com que ele contraia a doença. 

Os cientistas acreditam que os vírus da gripe já existiam antes da própria humanidade, mas que passaram a conseguir novos hospedeiros e sofrer novas mutações com a criação de animais e com o surgimento dos primeiros aglomerados urbanos.

Existem três tipos de vírus da gripe circulando pelo mundo, sendo o mais comum o do tipo A (como o da gripe suína, por exemplo). De 300 a 900 milhões de pessoas ficam gripadas por ano em todo o planeta.

Os vírus dos resfriados (detalhe: são mais de 200 tipos de vírus) se instalam somente no nariz e na garganta. Já o ataque do vírus da gripe é mais amplo.. Ele se espalha pelo corpo e atinge articulações e pulmões. Se você estiver “ruim da garganta”  e com coriza, embora consiga manter a rotina, é resfriado. Se além de sentir-se mal da garganta, apresentar coriza, mal-estar, dores pelo corpo e ficar de cama, pode ter certeza de que é gripe.

Continue lendo o texto em Mais Que Curiosidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário