quinta-feira, 3 de novembro de 2016

10 curiosidades super interessantes sobre o milho



Você sabia que, até a descoberta da América por Cristóvão Colombo, o milho era praticamente desconhecido dos europeus – e, a bem dizer, do resto do mundo? Ele é originário da América Central e do Norte.

O cabelo (ou barba) do milho serve para transportar os grãos de pólen que fecundarão os óvulos da espiga. Em resumo: o milho usa o cabelo para se reproduzir.

O espaço entre o plantio e a colheita é bastante curto: apenas 150 dias.

A maior cultura agrícola do mundo é a do milho – maior até que as dos popularíssimos trigo e arroz.

Os maiores produtores mundiais de milho são, pela ordem: Estados Unidos, China, Índia e Brasil.

Apenas 5% da produção brasileira de milho é destinada a humanos. A maior parte é usada como ração animal.

Sabia que nossas avós usavam o amido de milho para engomar roupas? E que a marca predileta era Maizena.

No México, os indígenas extraíam uma espécie de mel dos grãos do milho.

O chá feito com os cabelos da espiga do milho é excelente para os rins.

Uma espiga de milho perfeita tem, em média, 800 grãos distribuídos em 16 linhas.

Outras informações: Mais Que Curiosidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário