terça-feira, 22 de novembro de 2016

10 coisas que você não sabia e nem imaginava sobre o McDonald's


A primeira lanchonete McDonald’s foi aberta em 15 de maio de 1940 na cidade de San Bernardino, no estado norte-americano da Califórnia, pelos irmãos Richard e Maurice McDonald.

O homem que transformou o McDonald’s numa marca global foi o vendedor de máquinas para milk-shake Ray Kroc. Curioso com um pedido dos irmãos McDonald’s, Kroc resolveu conhecer pessoalmente a lanchonete. Ele ficou tão impressionado que resolveu abrir uma filial no estado de Illinois. O que aconteceu foi que em apenas seis anos, Kroc transformou a lanchonete de San Bernardino numa rede com 130 filiais espalhadas pelos Estados Unidos.

O primeiro hambúrguer vendido no McDonald’s custava apenas US$ 0,15 (isso mesmo: 15 centavos de dólar).


Você sabia que o Big Mac é usado pela revista The Economist para medir o poder de compra e o custo de vida em diversos países? E segundo o “índice Big Mac” da The Economist, o sanduíche servido no Brasil é um dos mais caros do mundo.

O primeiro Mac Dia Feliz foi criado no Canadá em 1977. Atualmente, a campanha acontece em mais de 20 países – inclusive no Brasil.

O primeiro garoto-propaganda do McDonald’s não foi o Ronald, mas outro palhaço bastante conhecido das crianças: Bozo.

O McDonald’s está presente atualmente em 120 países. No total, são 32.700 lanchonetes, cerca de 600 delas no Brasil.

Acredite se quiser, mas o McDonald’s atende “apenas” 48 milhões de clientes por dia no mundo todo. No Brasil, são 1,6 milhões de atendimentos diários.

A última curiosidade: em 1984 era aberto um McDonald´s a cada 18 horas em todo o mundo; hoje, um novo é aberto a cada 4 horas.


O McDonald’s adaptou seu cardápio à cozinha de diversos países – os sanduíches levam ingredientes locais. Um exemplo é o indiano Veg Mc Curry Pan, um pão retangular com vegetais (brócolis, milho, cogumelos e pimenta), cobertura de queijo e molho bechamel.

Saiba mais sobre o Fast Food em: Mais Que Curiosidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário