quinta-feira, 6 de outubro de 2016

10 curiosidades super interessantes sobre os ratos



Existem três ratos para cada ser humano. Detalhe: são 1.700 espécies distribuídas por todo o mundo.

As três espécies de ratos que convivem com os humanos são o camundongo, o rato de telhado e a ratazana. Camundongos são normalmente encontrados dentro das residências (em armários de cozinha, por exemplo); ratazanas em esgotos e buracos no solo; e ratos de telhado no lugar que lhes dá o nome.

Ratos possuem uma extraordinária habilidade para se localizar, aprender caminhos novos e criar atalhos em lugares conhecidos (em resumo: eles possuem uma noção espacial mais evoluída do que a nossa).

Uma fêmea de ratazana pode dar à luz 200 descendentes em apenas um ano.

Acredite se quiser, mas ratos não gostam muito de queijo. Eles preferem carboidratos e alimentos com grande concentração de açúcar.



Mais de 80% das pesquisas feitas com animais envolvem ratos de laboratório. Experiências de laboratório matam em torno de 90 milhões desses animais todos os anos.

Os cientistas costumam criar ratos geneticamente modificados com o intuito de usá-los em pesquisas. Como exemplo podemos citar os ratos diabéticos, hipertensos, obesos, anoréxicos, desprovidos de pêlos…

Os ratos transmitem cerca de 55 doenças aos seres humanos. Uma das mais perigosas é a leptospirose e uma das que mais fez vítimas fatais ao longo da história é a peste.

O que aconteceria se os ratos deixassem de existir? Sem nenhum bicho para comê-los, o lixo orgânico se acumularia nos ralos e esgotos. As tubulações entupiriam com maior frequência. Outros animais ocupariam o lugar, transmitindo o mesmo número (ou quantidade maior) de doenças.

Veja mais em: Mais Que Curiosidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário