sexta-feira, 28 de outubro de 2016

10 curiosidades sobre a pizza que vão deixa-lo surpreso



As pizzas de antigamente eram quadradas e comidas como um sanduíche. Quem primeiro acrescentou molho de tomate e orégano à massa foram os napolitanos. Aliás, foi em Nápoles que nasceu a primeira pizza redonda de que se tem notícias, a Margherita.

O maior pedido de pizza do mundo ocorreu em San Diego, Estados Unidos, em 2006. Um  cliente (na verdade, uma empresa que promovia uma comemoração com os funcionários) encomendou sozinho 13.500 pizzas. Para atender o mega-pedido a pizzaria Papa John's precisou produzir 56 pizzas por minuto e utilizar o forno de 15 pizzarias próximas.

O local mais improvável para a entrega de uma pizza foi o espaço. O feito é da norte-americana Pizza Hut, que entregou o pedido na Estação Espacial Internacional (ISS) em 2001.

A maior pizza do mundo foi preparada em Joanesburgo, África do Sul, em 1990. Ela levava 500 quilos de farinha, 800 quilos de queijo,  900 quilos de molho de tomate e tinha 37 metros de diâmetro.

Já o recorde  de “comilança de pizza” é do japonês Takeru Kobayashi. Ele tragou uma pizza inteirinha em “apenas” 2,3 minutos. Esse mesmo Kobayashi foi seis vezes recordista de “comilança de hot dog”.

A pizza mais cara vendida comercialmente leva quatro tipos de caviar, lagosta fresca, salmão e wasabi (huuum, deve ser ardida!). O valor: US$ 1.000. Onde? Pizzaria Nino's Belissima, em Nova York.

A maior rede de pizzarias do mundo é a norte-americana Pizza Hut. Ela está presente em quase 100 países e possui 12 mil filiais. Só no Brasil são (por enquanto) 70 pizzarias.

A cidade onde mais se consome pizza no mundo é Nova York. O segundo lugar pertence a São Paulo. Agora, em se tratando de país, o maior consumidor mundial é o Brasil.

Os moradores de São Paulo devoram em torno de 1 milhão de pizzas por dia. Isso dá mais ou menos 40 mil fornadas por hora.

Aliás, quantas pizzarias existem em São Paulo? Anote aí: 5 mil. Em todo o estado, esse número chega a 12 mil. No Brasil, são 50 mil.

Mais informações: Mais Que Curiosidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário