sexta-feira, 14 de outubro de 2016

10 curiosidades saborosas e incomuns sobre o sorvete



Não se sabe até que ponto é verdade, mas conta-se também que o imperador Romano Nero costumava mandar trazer neve e gelo das montanhas e misturá-los com mel e polpa de frutas.

Você sabia que existe um sorvete que não derrete? Pois é, a delícia se chama JELL-O e é produzido pela rede norte-americana Cold Stone Creamery. Ao invés de derreter com o calor, ele vira uma sobremesa parecida com o pudim.

O sorvete mais exótico do mundo é o Basashi Ice, do Japão, cujo ingrediente principal é carne de cavalo.

Fundada pelo imigrante português Manuel da Silva Oliveira, a sorveteria venezuelana Heladeria Coromoto entrou para o Guiness – Livro dos Recordes como a que serve a maior variedade de sorvetes do mundo. São mais de 800 sabores, entre eles os comuns como chocolate, baunilha e morango; e os incomuns como o sorvete de macarrão com queijo.

O sorvete mais caro do mundo era vendido a 25 mil dólares pela sorveteria norte-americana Serendipity 3, de Nova York. A Serendipity 3 acabou sendo fechada por ser, vamos assim dizer, “meio porquinha”. Acredite se quiser, mas a vigilância sanitária encontrou mais 100 baratas vivas, além de urina de rato no local.

Nascida no Rio de Janeiro, a rede de sorveterias Mil Frutas oferece sorvetes produzidos com frutas tipicamente brasileiras. Lá, você pode encontrar sorvetes de frutas como pitanga, jabuticaba, seriguela, maracujá, sapoti, bacuri, umbu, açaí e cupuaçu.

Se a geladeira foi inventada recentemente, como o gelo usado no sorvete era conservado antigamente? Com barras de gelo misturadas com serragem e guardadas em túneis subterrâneos. O gelo se conservava por até cinco meses.

Criado nos Estados Unidos, o sundae recebeu esse nome por que era servido aos domingos (sunday, em inglês).

Assim como o sundae, a banana split foi inventada no Estados Unidos. Detalhe: ela foi criada por um farmacêutico.

Julho é o Mês Nacional do Sorvete nos Estados Unidos. O Dia do Sorvete é 14 de julho.


Nenhum comentário:

Postar um comentário