segunda-feira, 31 de outubro de 2016

10 curiosidades e bizarrices sobre os peixes



O maior peixe de água doce é o pirarucu, uma espécie do rio Amazonas. Um exemplar pode chegar a dois metros de comprimento e pesar por volta de 200 quilos.

O peixe mais rápido do mundo é o agulhão-vela. Ele consegue atingir a incrível velocidade de 115 quilômetros por hora.

Um atum é capaz de nadar 170 quilômetros num só dia.

Os tubarões são míopes. Em compensação, possuem um olfato superdesenvolvido e um sistema chamado “linha lateral” que permite captar alterações na pressão da água.

Uma enguia é capaz de dar um choque maior do que o de uma tomada elétrica doméstica. Sua descarga chega a 125 volts.

O traolho é um peixe que possui os olhos divididos no meio. Metade dele fica dentro e a outra metade fica fora d´água.

Alguns peixes são tão venenosos quanto cobras, caso do peixe-homicida (o nome já diz tudo!). Outros peixes venenosos são: peixe-escorpião, baiacu e algumas espécies de raias.

A pior dor do mundo é provocada pelo veneno do peixe-pedra. Ela dura meses e nem o mais forte analgésico, a morfina, é capaz de detê-la.

Dez por cento das espécies de peixes trocam de sexo uma vez na vida. Os peixes “transexuais”  são divididos em dois grupos: o protândrico e o protogínico. Os protândricos são os que tem na juventude glândulas capazes de produzir óvulos e espermatozoides. Os protogínicos possuem ovários que, com o tempo, se transformam em testículos.

Existem várias espécies de bacalhau, entre elas o ling, o zarbo, o saithe e o bacalhau do Porto. Conhecido cientificamente como Gadus morhua, o bacalhau do Porto é o mais saboroso e também o mais caro. O interessante é que ele é pescado na Noruega e só leva esse nome por que é “desde sempre” comercializado na cidade portuguesa do Porto.

Mais informações: Mais Que Curiosidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário