segunda-feira, 10 de outubro de 2016

10 coisas que você devia saber sobre a vida e a obra de Pablo Picasso



Pablo Picasso, o gênio espanhol da pintura, começou a pintar antes de aprender a andar. Dizem que a primeira palavra que teria aprendido foi “lápis”.

O nome completo do pintor é Pablo Diego Jose Francisco de Paula Juan Nepomuceno Crispin Crispiniano de la Santisima Trinidad Ruiz Blasco Picasso y Lopez.

No início da carreira, quando morou com o poeta e jornalista Max Jacobs, Picasso foi obrigado a queimar alguns de seus desenhos para se proteger do frio.

Consta que, ao longo de sua vida, Picasso produziu mais de 20 mil obras.

Aos 87 anos, Picasso produziu em apenas 7 meses o total de… acredite!... 347 gravuras.

O painel Guernica foi inspirado no bombardeio da cidade espanhola de Guernica pelas forças nazistas. Pablo Picasso queria utilizá-lo como uma forma de denunciar os horrores da guerra. Na época, ao ser indagado por um militar alemão sobre quem fez Guernica, Picasso teria respondido: “Foram vocês”.

Apesar de expressar simpatia às ideias anarquistas e comunistas e, por outro lado, através da arte expressar sua raiva diante das ações de Franco e dos fascistas, Picasso se recusou a combater na Primeira Guerra Mundial, na Guerra Civil Espanhola e na Segunda Guerra Mundial.

O quadro Menino com Cachimbo foi, até um tempo atrás, o mais caro do mundo. A obra de autoria de Picasso foi comprada pelo preço de U$ 104 milhões em 2004.

Picasso comemorou seus 90 anos com uma exposição no Museu do Louvre. Ele foi o primeiro (e um dos pouquíssimos) artistas a receber tal honraria.

O pintor prometeu nunca mais pisar em território espanhol enquanto o general Franco, que tomou o poder durante a Guerra Civil, estivesse no comando do país. Ele cumpriu a promessa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário