terça-feira, 25 de outubro de 2016

10 coisas que você devia saber sobre o Japão



O território japonês é formado por quatro grandes massas de terra – Honshu, Shikoku, Kyushu e Hokkaido – e outras 6.848 ilhas.

O território japonês é montanhoso, com um grande número de vulcões e sujeito a constantes tremores de terra. Já foram registrados 200 terremotos de intensidade leve a moderada num único dia.

O Monte Fuji é a montanha mais alta do Japão, com aproximadamente 3.800 metros de altitude. O Fuji é um vulcão ativo que, segundo os historiadores, entrou em erupção18 vezes, a última em 1707.

A região metropolitana de Tóquio é a mais densamente povoada do mundo. Ao todo, ela possui 37 milhões de habitantes. As cidades mais populosas da Grande Tóquio são: Tóquio (8,5 milhões de habitantes), Yokohama (3,5 milhões), Kawasaki (1,3 milhão), Saitama (1,1 milhão) e Chiba (930 mil).

Tóquio é uma das cidades com maior número de bares e restaurantes do mundo. Enquanto São Paulo possuiu algo em torno de 27 mil estabelecimentos dessas categorias, Tóquio possui mais de 150 mil.

O Japão é uma monarquia constitucional com um imperador e um parlamento eleito.

O saquê é uma bebida tradicional japonesa, obtido a partir da fermentação do arroz. Atualmente, existem mais de 1.500 fabricantes de saquê no Japão.

O japonês é o povo mais longevo do mundo. A expectativa de vida da população chega aos 82 anos (79 para homens e 84 para mulheres). Okinawa, no extremo sul do país, é a região com maior número de centenários do Japão e, talvez, do mundo.

O Japão foi o único país do mundo a ser atacado com bombas atômicas. Foram duas explosões, uma em Hiroshima e outra em Nagasaki, em 1945. A explosão de Hiroshima matou entre 60 mil a 80 mil pessoas. A de Nagasaki fez entre 90 mil e 140 mil vítimas. Por incrível que possa parecer, a radiação das bombas atômicas não prejudica a vida nas atuais Hiroshima e Nagasaki.


Palavras japonesas de origem portuguesa: botan (botão), buranco (balanço), joro (jarro), juban (gibão), karuta (carta), kappa (capa), konpeito (confeito), kirisutan (cristão), oranda (Holanda), orugan (órgão), pan (pão), shabon (sabão) e tabako (tabaco).

O Brasil foi o país que mais recebeu imigrantes japoneses. Os descendentes de japoneses somam mais 1,5 milhão de pessoas. As cidades brasileiras com maior número de descendentes são Atibaia, Mogi das Cruzes, Suzano, Bastos, Marília, Lins, Registro, Araçatuba, Presidente Prudente e Pereira Barreto. Detalhe: todas ficam no estado de São Paulo. 

Mais informações: Mais Que Curiosidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário