quinta-feira, 20 de outubro de 2016

10 coisas que você certamente não sabia sobre o estado da Paraíba



João Pessoa, capital da Paraíba, recebeu esse nome em homenagem ao ex-governador e candidato a vice-presidente João Pessoa. Um detalhe bastante curioso: João Pessoa era pai do escritor Ariano Suassuna.

A capital paraibana foi fundada como Cidade Real de Nossa Senhora das Neves. Durante a dominação holandesa no Nordeste brasileiro foi chamada de Frederikstad (em português, Cidade de Frederico ou Frederica). Antes de ser batizada como João Pessoa, foi chamada de Cidade da Paraíba.

No início dos anos 90, João Pessoa foi reconhecida como a segunda capital mais verde do mundo, perdendo apenas para Paris, capital da França.

Você sabia que Campina Grande foi escolhida pela revista Você S/A como uma das 10 melhores cidades do Brasil para trabalhar e fazer carreira?

Campina Grande é conhecida em todo o Brasil pelas festas juninas. Os próprios moradores da cidade se referem à festança como “o maior São João do Mundo”.

A cidade de Sousa abriga um dos mais importantes sítios arqueológicos do Brasil. O motivo: a alta incidência de pegadas de dinossauros. São encontradas nessa região do sertão paraibano pegadas de mais de 80 espécies de dinossauros.

O Nego na bandeira da Paraíba vêm do verbo “negar”  e representa o protesto do ex-governador João Pessoa à candidatura presidencial de Júlio Prestes à presidência da República. A cor preta simboliza o luto pelo assassinato de João Pessoa e o vermelho, a Aliança Liberal que se opôs à candidatura de Prestes.

Você sabia que a melhor praia de naturismo/nudismo do Brasil é a paraibana Tambaba, na localidade de Conde?

As cidades mais populosas da Paraíba são, pela ordem: João Pessoa, Campina Grande, Santa Rita, Patos e Bayeux.

A Paraíba é conhecida como “Porta do Sol” ou “o lugar onde o Sol nasce primeiro nas Américas”. Localizada na região metropolitana de João Pessoa, a Ponta do Seixas (imagem acima) é o primeiro lugar do continente americano a receber a luz solar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário