quarta-feira, 26 de outubro de 2016

10 coisas que você jamais imaginou sobre o Fusca

 
O primeiro automóvel fabricado pela empresa alemã Volkswagen foi o Fusca. Seu nome original era KDF – Kraft Durch Freude, que significa "Força Através da Alegria".

O primeiro lote de Fuscas chegou ao Brasil em 1950. Fabricadas na Alemanha, todas as 30 unidades foram importadas pela família Matarazzo.

Os primeiros Fuscas produzidos em terras brasileiras não eram montados pela Volkswagen, mas por uma empresa chamada Brasmotor.

Foi a bordo de um Fusca preto que o ex-presidente Juscelino Kubistchek inaugurou a primeira fábrica da Volkswagen no Brasil, em 1 957.

O Fusca é o automóvel que ficou mais tempo em produção no mundo todo. Os primeiros protótipos foram fabricados em 1934 e os últimos, em 2003.

Você sabe quantas peças são necessárias para a produção de um Fusca? Acredite, dependendo do modelo, são de 5.000 a 7.000 peças.

O apelido Fusca nasceu da dificuldade do brasileiro de pronunciar Volks. Ele pronunciava o V com som de F, ficando Folks, que a sabedoria popular entendeu como Fusca.

Por falar nisso, você sabia que o Fusca foi um dos poucos modelos de automóvel na história que nunca sofreu nenhum recall?

O Fusca voltou a ser produzido em 1993 no Brasil a pedido do ex-presidente Itamar Franco, que concedeu incentivos fiscais para isso. Só houve um problema: a vendas não deslancharam e a Volkswagem foi obrigada a interromper a produção três anos depois.

Segundo a Federação Brasileira de Veículos Automotores, existem 76 clubes de Fusca no Brasil, a maioria na região Sudeste.

Mais informações: Mais Que Curiosidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário